Os principais títulos Paulistas do Corinthians na história

Esportes / 29 maio, 2020

Uma breve revisão dos títulos Paulistas do Corinthians. Conhecido como o Time do Povo, o Corinthians é o maior vencedor do Campeonato Paulista. Com quase 120 anos de Campeonato Paulista, o Corinthians é o maior vencedor do torneio. São 30 títulos conquistados, sendo a mais recente conquista no ano passado.

O título de 2019 não apenas marcou a trigésima conquista do clube como, também outros títulos Paulistas do Corinthians. Marcou a imposição de novo recorde:

o time com mais tri campeonatos paulistasquatro vezes (1922-23-24, 1928-29-30, 1937-38-39 e 2017-18-19).

Com tantos títulos e histórias, algumas são mais emblemáticas na memória do torcedor. Vejamos algumas delas.

Temas

Paulistão de 1977Paulistão de 1995Paulistão de 1999Ganhe com o futebol brasileiroPaulistão de 1977

Mesmo os torcedores mais jovens, nascidos nas décadas de 1990 e 2000, sabem que o título paulista de 1977 não é apenas o mais memorável entre as conquistas deste campeonato como também está entre os triunfos mais importantes da história do clube. O título paulista daquele ano significou o fim de um jejum de 23anos sem erguer uma taça de campeão.

Até hoje, este é o maior período em que o Corinthians esteve na fila. O alívio e o grito sufocado de campeão chegaram no dia 13 de outubro em jogo extremamente acirrado contra o forte time da Ponte Preta. Apenas um único gol, Basílio aos 37minutos do segundo tempo, foi o suficiente para decretar o fim do jejum e o alívio de uma torcida sofredora.

Paulistão de 1995

Os anos de 1990 marcaram a intensificação da rivalidade entre Corinthians e Palmeiras. Ambos os clubes vinham de grandes investimentos e contratações de importantes jogadores. O auge dessa rivalidade chegou nos anos de 1994 e 1995, quando as duas equipes protagonizaram nada menos que três finais de campeonatos – dois paulistas e um brasileirão.

À época da conquista do Paulistão de 1995, o Corinthians vinha de duas amargas derrotas nas finais do campeonato paulista e campeonato brasileiro do ano anterior. A conquista daquele título pôs fim à freguesia do Palmeiras sobre o Timão em finais de campeonatos e abriu uma nova fase nesta rivalidade, a qual culminou na final do Paulistão de 1999.

Mais:  Vantagens do equilíbrio de alcance do póquer

Paulistão de 1999

O ano de 1999 foi outra temporada muito intensa na história da rivalidade entre Corinthians e Palmeira. Naquele ano, os clubes se enfrentaram em duas grandes competições: a final do Campeonato Paulistas e a semifinal da Libertadores da América.

A final do Paulistão aconteceu apenas uma semana após o Palmeiras eliminar o Corinthians, nos pênaltis, da Libertadores. De modo que a rivalidade estava em seu ápice do nervosismo. Os jogadores transpiravam rixa e uma certa hostilidade.

Ganhe com o futebol brasileiro

Com os nervos à flor da pele, a partida era um bomba-relógio. Qualquer situação poderia desencadear uma reação exacerbada de ambas as equipes. Faltam apenas alguns minutos para terminar o jogo. O placar marcava 0 a 0, um resultado que dava ao Corinthians o título de campeão paulista.

Porém, um jogador, o atacante corintiano Edílson, numa clara manifestação de deboche, começou a fazer embaixadinhas no meio do campo, em pleno jogo. Bom, a bomba estourou. Com o caos generalizado, o juiz decretou o fim da partida. Corinthians campeão.